Enzilac – Só mais um site WordPress
Siga

Enzilac é um produto à base da enzima Lactase que auxilia na digestão do leite e seus derivados.

Disponível em duas versões

Tomar 1 comprimido antes de ingerir produtos lácteos

Não contém glúten*

Sabor artificial de baunilha*

Sem adição de açúcar

Uso adulto e infantil

*Siga sempre a recomendação do seu médico

Conheça os sintomas da intolerância à lactose

Os sintomas da intolerância à lactose aparecem após a ingestão de laticínios.

Os principais são:
 

Dor abdominal

Distensão abdominal

Flatulência

Diarreia

Vômito

Náusea

O que
é intolerância à lactose?

A intolerância à lactose é a consequência de uma condição que dificulta a digestão do leite e seus derivados, gerando sintomas e impactos na qualidade de vida.1

A má absorção da lactose pode ter duas origens:

Primária1
É a manifestação decorrente de uma alteração genética do indivíduo na qual há redução da atividade da enzima lactase, que é necessária para digerir a lactose em glicose e galactose, que seriam absorvidas no intestino. Pode ocorrer em qualquer fase da vida e aumentar ao longo dos anos.

Secundária1
A produção de lactase é afetada por infecções intestinais, como intoxicação alimentar ou diarreias virais ou por giardíase. Nesse caso, a intolerância costuma ser temporária e desaparece em algumas semanas. Em pacientes com síndrome do intestino irritável ela também pode estar presente.

Diferença entre
Lactose e Lactase

A lactose é um açúcar encontrado no leite e em seus derivados.1

A lactose inteira não pode ser absorvida pelas células do intestino, então ela é quebrada em duas partes (glicose e galactose) para que seja possível sua absorção.1

Esse processo só é possível devido à ação da lactase, uma enzima presente nas células intestinais do nosso organismo.1

O que é
lactose?

A lactose é um carboidrato que dá o gosto adocicado ao leite de origem animal. Essa molécula é transformada em energia pelo nosso organismo, para “abastecer” nossas células. Mas para que isso aconteça, a lactose precisa ser quebrada em duas partes menores em nosso intestino, que facilitam a sua absorção. Assim, a lactose é transformada em galactose e glicose, e a responsável por essa “quebra” é a enzima lactase.

E quando o organismo não produz essa enzima, você pode recorrer à Enzilac, que permite às pessoas com intolerância consumirem sem problemas todas as delícias derivadas do leite.

Diagnóstico

Existem alguns testes que diagnosticam a intolerância à lactose. Eles devem ser feitos caso haja alguma indicação na suspeita médica.1

Os testes mais comuns são:

Teste de Exalação de H2
Aparelho que mede a quantidade de hidrogênio após a ingestão de lactose.1

Teste de intolerância à lactose
Teste sanguíneo que mostra a absorção da lactose, medindo repetidas vezes a glicose no sangue.1

Inscreva-se e fique por dentro das novidades e promoções.

Dra. Zilá mostra como se resolve a intolerância à lactose.

Lactose é uma molécula encontrada no leite que vira energia para o nosso corpo.

Ela se divide em glicose e galactose. Se isso não acontece, surge a intolerância.

Enzilac quebra a molécula de lactose, permitindo a absorção dos nutrientes do leite e seus derivados com mais conforto.

E com isso, você pode desfrutar das delícias do leite

Fique por dentro

Perguntas frequentes

Quando você apresentar sintomas de diarreia, náuseas ou vômitos, distensão abdominal (barriga inchada) ou flatos em excesso após a ingestão de leite e derivados.

Não tem cura se for de causa genética, porém se é consequência de uma doença intestinal pode ser passageira.

Apesar de não ter cura há como diminuir os efeitos causados pela má digestão, evitando o consumo ou usando produtos com lactase, que substituem a enzima, parcialmente para alguns indivíduos e integralmente para outros.

O leite e seus derivados são fontes riquíssimas de cálcio, vitaminas e alguns minerais, além de proteínas e gorduras. A suplementação deve ser feita no caso da não ingestão adequada desses nutrientes encontrados em outras fontes de alimentos.

Para isso, deve-se procurar um especialista para ajudar a não ficar sem os nutrientes na quantidade adequada.

Caso outras fontes não consigam repor os nutrientes do leite, o paciente pode apresentar osteoporose (fraqueza grave no osso devido à falta de cálcio e vitamina D), além de outros sintomas relacionados à carência de vitaminas A e B.

Sim. Lactose é o carboidrato predominante do leite.

Clínico geral pode dar o pontapé inicial de suspeita, porém em geral o gastroenterologista está mais bem preparado.

Associar lactase ao consumo de produtos lácteos auxilia o processo digestivo, evitando desconfortos causados pela má digestão da lactose.

Em casos mais graves deve-se deixar de consumir os leites e derivados. Pode usar medicamentos sintomáticos no auxílio dos sintomas. Procure o especialista.

Todos os produtos derivados de leite que dizem ser sem lactose possuem lactose e uma enzima lactase junto. Dessa forma, amenizam os sintomas.

Não. Existem diferentes graus de intolerância à lactose. Para isso você e seu médico descobrirão a quantidade de enzima lactase que deve ser atribuída no seu caso para amenizar os sintomas. Em casos graves de intolerância deve-se evitar o consumo de lactose mesmo com lactase associada.

A intolerância à lactose é decorrente da ausência da quebra da lactose, gerando sintomas gastrointestinais, diferentemente da alergia alimentar, que é por outro mecanismo de ação. Neste, há ativação do sistema imune (de defesa), com manifestações sistêmicas (no corpo todo) e predominantemente na pele.

Onde comprar

Contato